domingo, 29 de julho de 2018

HOMOLOGADA A CANDIDATURA DO CAPITÃO GONDIN À DEPUTADO ESTADUAL PELO PSL


O Capitão Gondin participou da Convenção do PSL RN, na Câmara Municipal da Cidade do Natal, às 9h. Ele foi oficialmente indicado para concorrer ao cargo Eletivo de Deputado Estadual pelo PSL RN. Na Tribuna da Câmara de Vereadores da Cidade do Natal, falou da sua trajetória como ativista, apoiador dos ideais do seu amigo Capitão Bolsonaro, no Rio Grande do Norte.
O Ex-Militar afirma que em função da sua nova missão como Candidato a Deputado Estadual a sua responsabilidade aumentou e os desafios evoluiriam. Agora, os combates não serão mais no campo do debate ideológico, mas, sim, em propostas legislativas que visam confrontar-se com a MAIOR crise financeira da história que passa o Estado do Rio Grande do Norte.
O Governo do Estado do RN já decretou estado de calamidade pública na saúde e na segurança pública. E está na iminência de decretar estado de calamidade nas finanças. O Estado está FALIDO, pois acabou dinheiro! Entretanto, o que se constata é que candidatos da velha política, SEMPRE em período eleitoral, utilizam o mesmo artifício quando fazem promessas que não podem cumprir. O mesmo “canto da sereia como: “ Vamos renovar!”, “Vamos melhorar na saúde!”; “ Vamos investir na segurança pública!”, “O RN terá mais empregos!” etc, contudo o nosso sofrido Estado continua afundado no caos.
Esses mesmos candidatos aos cargos eletivos que fazem as mesmas promessas, caso tenham êxito nas eleições, DESAPARECEM do cenário público, não prestando contas para aqueles que o elegeram. Por isto, a sociedade não aceita mais as falsas promessas desses candidatos oportunistas que querem se eleger a todo custo, enganando os eleitores de boa fé.
Baseado nestes argumentos o Candidato a Deputado Estadual Capitão Gondin, concluiu o seu discurso, apresentando as bases das suas 16 (dezesseis) propostas de campanha que serão em 12 (doze) vídeos. São propostas realistas, executáveis e fundamentais para: Recuperar o equilíbrio financeiro e fiscal de um Estado Falido, apresentando origem para a aplicação dos recursos; Combater os privilégios das altas oligarquias políticas e agentes públicos; e Resgatar a dignidade do sofrido Povo Potiguar.