quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

GOVERNO PUBLICA RESULTADO DO 3ª FASE DOS CONCURSOS DOS PRAÇAS E OFICIAIS DOS BOMBEIROS


O Governo Estado, por meio da Comissão Especial do Concurso Público para provimento de vagas para Soldado e Oficial do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), divulgou nesta quarta-feira (3) o resultado definitivo do Exame de Avaliação de Condicionamento Físico – conhecido como Teste de Aptidão Física (TAF) -, correspondente a 3ª fase do concurso, tanto do concurso para Soldados, quanto para o de Oficiais. A lista com o resultado, bem como a consulta individual e a interposição de recursos, está disponível no site www.idecan.org.br.

Para o cargo de soldado, foram convocados para realização do Exame de Condicionamento Físico 208 candidatos, sendo que destes 45 foram considerados inaptos, 10 não compareceram para realizar o exame e um candidato foi eliminado. 152 candidatos seguem para a 4ª fase do concurso. Já em relação ao concurso para oficiais, 64 candidatos foram selecionados para a 3ª fase, sendo que 48 foram considerados aptos, 15 inaptos, e apenas um candidato não compareceu ao exame.

O Exame de Avaliação de Condicionamento Físico (EACF) constitui-se na realização de um conjunto de testes, com cargas de exercícios físicos que avaliam parâmetros de força, coordenação, capacidade aeróbica e anaeróbica, permitindo classificar o estado físico no momento da execução dos testes, devendo o candidato cumprir com habilidade o que lhe é exigido, obtendo os índices previstos nas respectivas tabelas para o masculino e para o feminino.

A próxima fase dos dois concursos será a Avaliação Psicológica. Os candidatos classificados e considerados aptos nas três primeiras etapas serão convocados para esta fase. Essa etapa tem caráter somente eliminatório e será realizada somente em Natal-RN, em local e data a serem divulgados nos próximos dias nos sites www.cbm.rn.gov.br e www.idecan.org.br.

A Avaliação Psicológica, para fins de seleção, é um processo realizado mediante emprego de um conjunto de procedimentos objetivos e científicos, que permite identificar aspectos psicológicos do candidato para fins de prognóstico do desempenho das atividades relativas às diferentes patentes do Quadro de Praças Bombeiro Militar. Tais atividades submetem a forte pressão externa e emocional, porte de arma de fogo, risco de morte, de invalidez, de contágio por doenças, de degeneração do estado de saúde mental, de lesão corporal, de responsabilidade civil, penal e administrativa.

O exame psicológico, amparado na Lei Complementar Estadual nº 360, de 21 de julho de 2008, consistirá na avaliação objetiva e padronizada de características cognitivas e de personalidade dos candidatos, mediante o emprego de técnicas científicas, autorizados pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP). Para tanto poderão ser utilizados testes, questionários, inventários, anamnese e procedimentos complementares.