segunda-feira, 29 de agosto de 2016

COLUNA DE SANTO TITO: AS REDES SOCIAIS E SEUS ATORES


O ser humano é uma incógnita. Dr. Ivan não. Ele pensa e age da mesma maneira. Quem pensar que ele vai pensar e agir de maneira diferente pode enganar-se prematuramente. Eu tenho visto e ouvido áudios e vídeos com todo o tipo de idiossincrasias.

As redes sociais têm nos mostrado algumas situações inusitadas que levam a pensar numa possível união com o grupo do nosso prefeito Naldinho. Ledo engano. Essa é uma possibilidade inexistente. Podem acreditar que esta é uma proposta de quem está apenas querendo brincar de fazer política e nem percebe o mal que faz com a edição dessas bobagens. Porem ninguém pode controlar esses maus atores que agem isoladamente nas redes sociais.

Vamos recomeçar. Quem é o inimigo político em potencial? Não é preciso nem dizer. É óbvio. Só que aquilo que está no pensamento de todos é que existe uma espécie de armação para que entreguemos a campanha para a continuidade desastrosa da atual administração. Isso até pode acontecer, mas vai ser preciso que exista um trabalho concentrado da situação no sentido de desestabilizar toda uma caminhada pela qual trilha a campanha do Dotô há mais de um ano. Diferentemente desse menino que insiste em ser prefeito e que ainda faz parte dessa administração que quer se perpetuar no poder com a ajuda que ele (o menino) pretende dar, já que há apenas quatro messes deu a entender que iria se afastar das tetas da realeza.

Para finalizar vamos frisar, não com todas as letras, mas com a garantia do o que estamos dizendo é de conhecimento público, que o que está acontecendo na política atual tem nome. E ele é bem conhecido. Mas os seus dias estão contados. O ostracismo será o seu futuro. Dele e de mais gente que como ele está atuando da forma mais hipócrita que se pode conceber, pois existe um homem que vai conseguir esse prodígio e vai ser lembrado, não sei se com muita galhardia, mas por muito tempo. O ser humano, realmente, é uma incógnita.

Santo Tito: Bancário Aposentado