quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

MOSSORÓ REGISTRA O 20º HOMICÍDIO EM 21 DIAS


A violência continua crescendo em Mossoró e a cidade registra nesta manhã de quinta feira 21 de janeiro de 2016 mais um homicídio.

O crime foi registrado na rua Anatalia de Melo Alves no bairro Paredões, onde a vítima identificada como Antônio Cortez Sobrinho de 32 anos natural de Rafael Godeiro foi morto com vários tiros na calçada de uma residência.

O tráfico de drogas, a proximidade com a divisa estadual, a grande área rural e a área urbana sem um mapeamento adequado são alguns dos fatores elencados por Ivenio Hermes, Coordenador da COINE, para explicar a suscetibilidade de Mossoró às ações da criminalidade, que nesses primeiros dias de 2016 já registrou 20 crimes de crimes violentos letais intencionais.

Dentre essas mortes registradas em 2016, é importante lembrar que uma delas foi um encontro de uma ossada humana que pode muito tempo, e uma perícia do ITEP é aguardada para determinar o tempo da morte. Em outras épocas esse crime jamais seria contabilizado, o que não ocorre hoje devido à transparência adotada pela Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social no trato com os dados da criminalidade violenta, cujo retorno é a adoção de ações direcionadas para o combate ao crime.

A sensação de insegurança, porém, é percebida de forma diferente por quem já sofreu alguma violência ou a viu de perto, e a população reclama da impunidade de alguns crimes que contribuem para a falta de segurança.

Esse é o caso da dona de casa, Laiane Santos, a rotina mudou com tanta violência. “Antes meus filhos e eu íamos às praças comer alguma coisa e ficávamos sentados na calçada. Hoje não dá mais. Se ficar morre”, disse.

190rn.com