sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

MULHER DE IPANGUAÇU É MORTA PELO MARIDO NA CIDADE DE BARAÚNA


Uma ocorrência de homicídio seguida de suicídio, foi registrada na noite de hoje, 24 de dezembro na cidade de Baraúna, região Oeste do Rio Grande do Norte.

João Batista da Silva, de 61 anos de idade, natural de Ipanguaçu, matou sua companheira e logo após cometeu suicídio, dentro da residência, onde morava há mais de 20 anos, na Rua Expedito Alves, no bairro Moinho Novo.
A polícia foi informada por pessoas próximas a família, que Batista era separado da esposa há 8 anos e mantinha um relacionamento com uma moça, que morava na cidade de Ipanguaçu e frequentemente vinha visita-lo na cidade de Baraúna. A tal moça, teria chegado hoje e vinha passar o Natal com o companheiro.

No final da tarde, familiares presenciaram uma discussão do casal e a moça teria dito que Batista estava mentindo e que ela iria embora. Duas filhas de Batista estivem na residência momentos antes do sinistro e segundo informações, elas teriam sido as primeiras pessoas a presenciarem a cena do casal morto na sala da casa.

Segundo o Perito Criminal Otavio Domingos, a moça foi morta com um tiro de escopeta no pescoço e Batista se matou com um tiro no rosto. Dentro da casa e ao lado do corpo foi encontrada uma escopeta calibre 12 de cano curto, original de fábrica.
O Sgt Rivelino, comandante do Destacamento de Polícia da cidade de Baraúna, juntamente com os Sd’s Couto e R. Oliveira, registraram a ocorrência e acionaram as equipes do Itep e da Delegacia de Plantão, para os procedimentos no local.

(ocamera).