sexta-feira, 18 de abril de 2014

SOBRINHO MATA TIO A FACADAS EM NATAL


Um homem de 51 anos foi morto a facadas pelo sobrinho no fim da tarde desta sexta-feira (18), em Natal. O caso aconteceu por volta das 17h, na rua Camaragibe, em Mãe Luíza. Ivanildo de Lima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. De acordo com a Polícia Militar, familiares informaram que ele costumava bater nas irmãs quando bebia e nesta sexta o filho de uma delas reagiu e matou o tio.

A Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou ao local o sobrinho já havia fugido.Familiares de Ivanildo contaram que ele teve uma discussão com a irmã nesta sexta-feira porque vendeu umas verduras que a irmã tinha acabado de comprar. De acordo com os parentes, quando a irmã reclamou, Ivanildo a agrediu com um cabo de vassoura. Quando a mulher contou para o filho o que havia acontecido, ele foi tirar satisfações com Ivanildo. os dois discutiram e o sobrinho matou o tio a facadas.

fonte: g1

CRIME DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ. HOMEM É MORTO A TIROS NO BOM JESUS



O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) de Mossoró registrou um crime de homicídio na cidade no inicio da noite dessa sexta-feira 18 de abril de 2014. A ação criminosa aconteceu na Rua Augusto Soares da Silva (Rua da caixa d'agua) no Bairro Bom Jesus.


fonte: passando na hora

JOVEM E MENOR SÃO DETIDAS SUSPEITAS DO ASSASSINATO DE EMPRESÁRIO EM MACAÍBA


Uma adolescente de 15 anos e uma jovem de 19 foram presas na noite desta quinta-feira (17) suspeitas de participação na morte do empresário Eumar Freire de Farias, de 56 anos, morto com golpes de punhal em Macaíba, cidade da Grande Natal, no final de março. A prisão aconteceu em um sítio no município de Goianinha.

De acordo com o delegado Normando Feitosa, a jovem de 19 anos confessou o crime. À polícia, a jovem afirmou que foi à casa do empresário para fazer um programa e na hora do pagamento ele não quis dar a quantia combinada. "Segundo ela, essa foi a razão do homicídio", disse o delegado.

Normando disse ainda que será realizada uma acareação entre esta jovem e outra de 21 anos que foi presa no dia seguinte ao crime e também confessou a participação na morte de Eumar. "Queremos saber qual foi a participação de cada uma", disse.

A menor apreendida nesta quinta-feira (17) foi entregue à mãe. Já a jovem de 19 anos está presa no Centro de Detenção Provisória de Parnamirim.



Ainda de acordo com Normando Feitosa, o empresário já havia trabalhado em uma grande empresa de fabricação de cimento, mas atualmente atuava no ramo de aluguéis de galpões.O crime

O corpo de Eumar foi encontrado na tarde do dia 25 de março. "O portão da casa do empresário estava entreaberto e um vizinho acabou vendo o corpo no chão. Daí ele chamou a polícia", disse o delegado de Macaíba.

Ao lado do corpo da vítima, a polícia encontrou um punhal com manchas de sangue, que foi recolhido para análise pericial. "O corpo tinha várias perfurações", acrescentou Normando.


fonte: macaíba polícia

MULHER É ENCONTRADA MORTA NAS QUINTAS


A madrugada desta sexta-feira (18) foi tranquila, segundo a Polícia Civil. Uma morte sem violência aparente foi registrada no bairro das Quintas no inicio da manhã de hoje. Uma mulher de 41 anos foi encontrada morta dentro de casa.

Júnior Santos
Itep foi acionado para retirar corpo

Segundo a Polícia Civil, vizinhos desconfiaram do companheiro da vítima, identificada como Maria Solange Nascimento, e acionaram os policiais, que se deslocaram até o local e constataram a morte, sem encontrar o suposto namorado de Solange.

De acordo com o delegado Pedro Paulo Falcão, não havia sinais de violência no corpo da mulher. Segundo a Polícia, a suspeita é de que ela tenha sofrido overdose, mas somente a perícia do Itep vai definir o causa da morte.

"Os vizinhos da rua Paiatis, afirmaram que ela era usuária de drogas e também tomava remédios controlados. Vamos aguardar o laudo", explicou o delegado.

fonte: macaíba polícia

REGULAMENTO DO PROJETO VEREADOR MIRIM EM SÃO PAULO DO POTENGI


ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DO POTENGI
CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DO POTENGI
RESOLUÇÃO Nº 003/2014

DISPÕE SOBRE REGULAMENTO ELEITORAL DO PROJETO VEREADOR MIRIM DE SÃO PAULO DO POTENGI E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS

CAPÍTULO I
DO CRONOGRAMA

Art. 1 - As direções das escolas públicas e privadas do ensino fundamental interessadas em participarem do projeto Vereador Mirim terão até o dia 15 de março de 2014, para enviar a Mesa Diretora da Câmara Municipal um Termo de Adesão e Compromisso, preenchidos e assinados conforme modelo em anexo.

Art. 2 - Caberá à Direção de cada Escola enviar à Câmara Municipal de São Paulo do Potengi, até o dia 20 de março de 2014, em cd ou pen drive, relação de alunos do 5º ao 9º no do Ensino Fundamental que, até a data da eleição, tenham até 16 (dezesseis) anos de idade e estejam aptos a votarem.
§ 1º - Os alunos que pretendem concorrer ao cargo de vereador mirim devem apresentar o pedido de registro de candidatura, na Secretaria da escola em que estuda até dia 20 de abril de 2014, anexando ficha de qualificação, biografia e termo de responsabilidade do pai ou responsável.
§ 2º - O candidato a vereador mirim, deverá escolher o seu número para receber os votos de acordo com a tabela deste parágrafo, sendo o mesmo indicado na ficha de qualificação, não podendo ter mais de 01(um) candidato com o mesmo número.
I – Número dos candidatos da Escola Municipal Djalma Marinho será de 01 á 100.
II – Número dos candidatos da Escola Senador Dinarte Mariz será de 101 á 200.
III – Número dos candidatos da Sociedade Educadora São Francisco será de 201 á 300.
IV – Número dos candidatos do Colégio São José será de 301 á 400.
§ 3º - A relação em que se trata o art. 2º deverá conter os seguintes dados, nesta ordem:
I - Nome completo (sem abreviações) em ordem alfabética.
II – Data de nascimento.
III – Série e número da matrícula do aluno.
Art. 4 - As escolas deverão divulgar internamente seus candidatos promovendo debates e atividades relacionados ao processo eletivo, e ou usando seus próprios meios de comunicação.
§1º - A campanha deverá se desenvolver internamente, nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental, no período de 30 (trinta) dias anteriores à realização da eleição, priorizando-se o debate e exposição de ideias, sendo expressamente proibida a atuação de partidos políticos, o uso de símbolos, logotipos, siglas e outras formas que possam identificar a influência partidária.

§ 2º - O critério para o processo seletivo será feito pela escola, usando método democrático e participativo.
§ 3º - A eleição será realizada nas escolas, com instalação de urnas e não comprometerá o dia letivo.
§ 4º - Cada escola participante deverá designar, dentre os professores, um membro para a composição da mesa de votação, que será o mesário no dia da eleição.
§ 5º - O presidente da mesa de votação e o outro mesário serão designados pela Comissão Organizadora.
§ 6º - A Câmara Municipal de São Paulo do Potengi, através da Comissão Organizadora, fornecerá a relação dos alunos votantes, a qual ficará sob a responsabilidade dos mesários, para conferência e coleta das assinaturas dos eleitores, contendo nome da escola, nome completo do aluno (sem abreviações), data de nascimento, série e matrícula.
§ 7º - O aluno somente poderá votar na seção eleitoral de sua escola.
Art. 4 - As eleições serão realizadas no dia 04 de junho de 2014 das 8:00 às 16:00 h, nas dependências das escolas previamente inscritas.

§ 1º - A diplomação se dará no dia 10 de junho de 2014 na Câmara Municipal de São Paulo do Potengi.
§ 2º - A sessão de posse dos 11 (onze) Vereadores Mirins eleitos para o 1º mandato se dará no dia 22 de julho de 2014, no Plenário da Câmara Municipal de São Paulo do Potengi.

CAPÍTULO II
DO CANDIDATO
Art. 5 - Cada escola participante deverá enviar à Câmara Municipal de São Paulo do Potengi, relação de candidatos, acompanhado de ficha de inscrição, assim distribuído:
§ 1º - Escola Estadual Senador Dinarte Mariz 30 candidatos.
§ 2º - Escola Municipal Djalma Marinho 30 candidatos.
§ 3º - Sociedade Educadora São Francisco 30 candidatos.
§ 4º - Colégio São José 30 candidatos.
§ 5º- Caso a escola participante conte com número de candidatos superior ao determinado, deverá realizar, democraticamente, processo seletivo interno.
§ 6º - Poderão candidatar-se alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental que até a data da eleição tenham até 16 (dezesseis) anos de idade.
§ 7º - O aluno portador de necessidades especiais será aceito como candidato até os 21 (vinte e um) anos de idade, nos termos do parecer, 424 de 27 maio de 2003 ( Ministério da Educação).
§ 8º - O aluno eleito cumprirá seu mandato, independentemente da série que estiver cursando, desde que não tenha mudado de escola.

CAPÍTULO III
DO VOTO SECRETO

Art. 6 - O sigilo do voto será assegurado mediante as seguintes providências:
I - Uso de cédula única contendo espaço para colocar o nº do candidato;
II - Isolamento do eleitor em cabine indevassável para o ato de votar;
III - Verificação da autenticidade da cédula única à vista das rubricas dos membros da mesa coletora;

CAPÍTULO IV
DOS ELEITORES

Art. 7 - Terá direito a votar todo aluno que na data da eleição:
I - Pertencer ao quadro de aluno da escola;
II - Estiver na lista oficial de votação;
III - Estiver com idade a partir 10 (dez) anos;

CAPÍTULO V
DA COMISSÃO ORGANIZADORA

Art. 8 - As eleições serão dirigidas por uma Comissão Organizadora composta de representantes da Câmara Municipal e das Escolas participantes do projeto, nomeada pela o presidente da Câmara Municipal de São Paulo do Potengi.
Parágrafo Único - A Comissão Organizadora terá a atribuição de:
I - Convocar as eleições;
II - Fazer publicar o Edital de Convocação;
III - Proceder os Registros dos candidatos, julgando as impugnações;
IV - Determinar a confecção das cédulas únicas e das listas de votantes por escolas;
V - Nomear os Presidentes e mesários das mesas coletoras e apuradoras de voto, ouvidos a mesa diretora;
VI - Decidir os Recursos interpostos das decisões da mesa apuradora;
VII - Solicitar assessoramento no processo eleitoral se necessário a outros órgãos.

CAPÍTULO VI
DA CONVOCAÇÃO

Art. 9 - As eleições para a Câmara Mirim serão convocadas pela Comissão Organizadora, por Edital obrigatoriamente afixado na sede das Escolas, da Câmara Municipal e em repartições públicas do município, no mínimo 55 (cinquenta cinco) dias antes do pleito, podendo ser divulgado pelos meios de comunicação existentes na localidade.
Parágrafo Único - O Edital mencionará dia, locais e horários de início e encerramento das votações e procedimentos para registro de candidatura para concorrer a vaga de vereador mirim.

CAPÍTULO VII
DO REGISTRO DE CANDIDATURAS

Art. 10 - O pedido de registro de candidatura a vereador mirim, dirigido a Comissão Organizadora, deverá ser assinado pelo o candidato, acompanhado de ficha qualificação, com os seguintes dados:
I - Nome completo;
II – Apelido;
III - Data de nascimento;
IV - Naturalidade;
V - Residência;
VI - Número de matrícula na escola;
VII- Assinatura do candidato.
Parágrafo Único - O prazo de registro de candidaturas será de 10 (dez) dias a contar da afixação do Edital.
Art. 11 - Encerrado o prazo para o registro de candidaturas Comissão Organizadora providenciará:

I - A publicação de Edital que será afixado nas Escolas, dando conhecimento dos nomes dos candidatos que disputarão as vagas de vereador mirim.

CAPÍTULO VIII
DAS MESAS COLETORAS

Art. 12 - As mesas coletoras serão constituídas de um Presidente e dois mesários, nomeados pela Comissão organizadora, obedecido ao disposto no inciso V parágrafo Único do art. 8 deste regulamento.
§ 1º - As nomeações previstas neste Art. serão efetuadas até 08 (oito) dias antes do pleito.
§ 2º - Serão instaladas mesas coletoras nas Escolas participante do projeto vereador mirim.
§ 3º - Os trabalhos das mesas coletoras poderão ser acompanhados por fiscais designados pelas escolas ou Câmara Municipal.
Art. 13 - Os mesários substituirão o Presidente da mesa coletora, na ordem crescente da sua denominação numérica, de modo que haja sempre quem responda, pessoalmente, pela ordem e regularidade do processo eleitoral.
Parágrafo Único - Poderá o Presidente ou mesário que assumir a Presidência, nomear dentre as pessoas presentes, os membros que forem necessários para completar a mesa coletora.

CAPÍTULO IX
DO MATERIAL DE VOTAÇÃO

Art. 14 – Até 01 (uma) hora antes de iniciar os trabalhos de votação, a Comissão Organizadora entregará ao Presidente de cada mesa coletora, o seguinte material:
I - Relação dos eleitores da mesa;
II - Folhas de votação dos eleitores da mesa;
III - Uma urna vazia, vedada pela Comissão com tiras de papel gomado;
IV - Cédula única assinada pela comissão;
V - Modelo da ata a ser lavrada pela mesa coletora;
VI - Um exemplar deste Regulamento Eleitoral;
VII - Material de expediente necessário ao trabalho de votação;
§ 1º - A relação dos eleitores da mesa será organizada em ordem alfabética e com o número da matrícula e a série em que o mesmo estuda;
§ 2º - Nas folhas de votação, além da assinatura do eleitor serão consignados o nome, o número da sua matrícula e a série.

CAPÍTULO X
DA VOTAÇÃO

Art. 15 - No dia e local designado 01 (uma) hora antes do início da votação, os membros da mesa coletora verificarão se está em ordem o material para a votação, providenciando o Presidente para que sejam supridas eventuais deficiências.
Art. 16 - A hora fixada no Edital e tendo considerado no recinto o material em condições, o presidente da mesa declarará iniciados os trabalhos de votação.
Art. 17 - A votação terá a duração mínima de 08 (oito) horas, observadas sempre as horas de início e encerramento previstas no Edital de convocação.
Parágrafo Único - Os trabalhos de votação poderão ser encerrados antecipadamente, se já tiverem votado todos os alunos constantes da relação dos eleitores da mesa.
Art. 18 - Iniciada a votação, cada eleitor, pela ordem de sua apresentação à mesa, depois de identificado, assinará a folha de votação, receberá a cédula única rubricada pelo Presidente e mesários e, na cabine indevassável, após colocar o número do candidato de sua preferência, a dobrará, depositando-a, em seguida, na urna da mesa coletora.
Art. 19 - São documentos válidos para a identificação do eleitor constante da relação dos eleitores da mesa:
I - Carteira de Estudante;
II - Carteira de Identidade;
III - CPF
Art. 20 - À hora determinada no Edital para o encerramento da votação, havendo no recinto eleitores aptos a votar, serão convidados em voz alta a fazer entrega ao Presidente da mesa coletora dos documentos de identificação, prosseguindo os trabalhos até que vote o último eleitor.
§ 1º - Encerrados os trabalhos de votação, a urna será lacrada com a aposição de tiras de papel gomado, rubricadas pelos membros da mesa e pelos fiscais.
§ 2º - Em seguida, o Presidente fará lavrar ata, assinada por si, pelos mesários e fiscais que assim o desejarem, registrando o local, a data e os horários de início e encerramento da votação, o número de todos os eleitores constantes da lista de votantes,
§ 3º - Assinada a ata, o Presidente da mesa coletora fará entrega, ao Presidente da mesa apuradora, mediante recibo, da urna e do material utilizado durante a votação.

CAPÍTULO XI
DA APURAÇÃO

Art. 21 - A apuração dos votos será realizada no dia 04 de junho de 2014, a partir das 16 (dezessete) horas, no plenário da Câmara Municipal de São Paulo do Potengi.
Art. 22- A mesa apuradora será instalada na sede da Câmara Municipal em local determinado pela Comissão Organizadora, constituída de um Presidente, e dois
mesários nomeados de acordo com o disposto no Inciso V do Parágrafo Único do Art. 8 deste regulamento.
Parágrafo Único - O Presidente da mesa apuradora poderá nomear auxiliares necessários ao trabalho de apuração.
Art. 23 - Os trabalhos de apuração somente poderão ter início, após a entrega ao Presidente da mesa apuradora, de todas as urnas de votação do pleito.
Art. 24 - Aberta a urna, o Presidente verificará se o número de cédulas corresponde ao de votantes.
§ 1º - Se o número de cédulas for igual ou inferior ao de votantes, far-se-á a apuração dos votos.
§ 2º - Se o número de cédulas for superior ao de votantes, o presidente tomará as seguintes providências:
I - Conferirá as rubricas dos membros da mesa coletora nas cédulas únicas de votos, anulando os votos onde não existir rubrica ou as mesmas forem diferentes;
II - Procederá a recontagem nas folhas de votação dos eleitores da mesa, visando a coincidência com o número de cédulas;
III - Fará a releitura da ata da mesa coletora nela buscando explicações;
IV - Após tomadas as providências previstas nos incisos anteriores desse parágrafo, se o número de cédulas continuar superior ao de votantes e não havendo indício de violação da urna, a mesa apuradora poderá decidir pela contagem ou não dos seus votos, da decisão cabendo recurso voluntário para a Comissão Organizadora.
Art. 25 - Os trabalhos da mesa apuradora poderão ser acompanhados por fiscais designados pelas escolas ou por advogados por eles constituídos, na proporção de um fiscal por escola.
Art. 26 - Os fiscais ou advogados poderão formular perante a mesa qualquer recurso referente a apuração.
§ 1º - O recurso poderá ser escrito ou verbal, devendo nesse último caso, ser ratificado por escrito.
§ 2º - Não sendo o recurso verbal ratificado por escrito, dele não se tomará conhecimento.
Art. 27 - Finda a apuração, o presidente da mesa apuradora entregará a Comissão Organizadora o mapa com o resultado da votação que proclamará parcialmente os nomes dos eleitos..
Art. 28 – A publicação Oficial do Edital com os nomes dos eleitos, será até 24 horas após a apuração, o presidente fará lavrar a ata de apuração, que mencionará obrigatoriamente:
I - Dia e hora da abertura e do encerramento dos trabalhos;
II - Resultado de cada urna apurada, por escola especificando-se:
III - Número total dos eleitores que votaram;
IV - Resultado geral da apuração;
V – Vereadores eleitos.

CAPÍTULO XII
DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS

Art. 29 - Serão eleitos 44 (quarenta e quatro) Vereadores Mirins, sendo escolhidos os mais votados por escola, para assumirem o mandato e suplência, em igual número.
Art. 30 - O mandato dos Vereadores Mirins será de 6(seis) meses e a ordem de participação das escolas na composição dos mandatos será objeto de sorteio individualizado.
O primeiro mandato será iniciado em 22 de julho de 2014, finalizando em 22 de janeiro de 2015.
O segundo mandato será iniciado em 22 de janeiro de 2015, finalizando em 22 de julho de 2015.
O terceiro mandato será iniciado em 22 de julho de 2015, finalizando em 22 de janeiro de 2016.
O quarto mandato será iniciado em 22 de janeiro de 2016, finalizando em 22 de julho de 2016.

DA SUPLÊNCIA

Art. 31 - Cada Vereador Mirim terá um suplente, conforme o que dispõe o Regimento Interno dos Vereadores Mirins.

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 32 - Este Regulamento poderá ser alterado por decisão da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Paulo do Potengi.
Parágrafo Único – Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

São Paulo do Potengi/RN, 10 de abril de 2014.

DOMINGOS SÁVIO DIAS CAMPOS
Presidente

JOÃO CABRAL DE LIRA
Vice-presidente

ALLYSSON LINDALRIO MARQUES GUEDES
1º Secretário

MARLI DE FÁTIMA DE LIMA DIAS
2º Secretária

Publicado por:
Herisson de Oliveira Bezerra
Código Identificador:01CF4B2A
Matéria publicada no DIÁRIO OFICIAL DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE no dia 15/04/2014. Edição 1136
A verificação de autenticidade da matéria pode ser feita informando o código identificador no site:
http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/

BANDIDOS ASSALTARAM CARRO FORTE EM PE E LEVAM 2 MILHÕES DE REAIS


Na tarde desta quinta-feira (17), criminosos assaltaram um carro-forte que trafegava pela BR-316, próximo à localidade de Alto do Engenheiro, distante 22 quilômetros do centro de Ouricuri, Sertão pernambucano. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo foi ultrapassado por outro carro com cerca de quatro homens armados.
O carro-forte foi abordado por volta das 14h30. Durante a ação, os dois pneus dianteiros foram estourados e os vigilantes responsáveis pela segurança do carro-forte desembarcaram e conseguiram fugir.
De acordo com o relato dos vigilantes, aconteceram três explosões e os criminosos deixaram o local levando cerca de R$ 2 milhões, além de duas espingardas calibre 12 e um revólver calibre 38. Os seguranças relataram à polícia a suspeita de que, antes da ação, o carro-forte estaria sendo seguido por uma caminhonete, mas eles não têm certeza se o veículo estava mesmo envolvido no assalto.
Segundo informações da Delegacia de Parnamirim, uma policial militar que vinha do Recife com a família com destino a Ouricuri passava pelo local e viu a ação dos criminosos. Ela pediu que os familiares deixassem o local e iniciou a abordagem aos assaltantes. Houve troca de tiros, mas a PM saiu ilesa e seguiu para a Delegacia de Parnamirim.
Os homens conseguiram fugir, mas policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicleta (ROCAM), Polígono da Quixaba, 7º BPM de Ouricuri e da Polícia Rodoviária Federal foram para a caatinga na tentativa de capturar os homens.
A polícia também informou que o motorista e o carro-forte são os mesmos que sofreram uma tentativa de assalto em 12 de março deste ano, próximo ao distrito de Quixaba, que fica a 40 quilômetros de Ouricuri. Na ocasião, o motorista percebeu a ação e fez uma manobra retornando ao posto policial, de onde foi escoltado pela Polícia Militar e pela Polícia Federal até seu destino.
Fonte: G1-RN

DELEGADO DE ASSU ESTÁ ENTRE OS DESIGNADOS PELA DEGEPOL PARA APURAR MORTE DE ADOLESCENTE EM MOSSORÓ


A Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) publicou, na ultima terça-feira, portaria nomeando três delegados para apurar a morte do estudante Alexsandro Mendonça da Silva, 17, assassinado com um tiro na cabeça durante tiroteio ocorrido entre policiais civis e bandidos, no bairro Santo Antônio, no último dia 13.
Segundo a Degepol, há suspeita que a morte tenha sido provocada por uma ação desastrosa de agentes civis, que investigavam crimes e tentavam prender bandidos. Diante da suspeita, a Delegacia Geral designou por meio da Portaria 0010/14, os delegados Denys Carvalho da Ponte, titular da Delegacia Regional de Polícia Civil de Mossoró, como presidente do inquérito; Helder Carvalho de Almeida, titular da DP de Assú e; Nivaldo Floripes Batista, titular da 2ª DP de Mossoró.
Esses dois últimos, foram nomeados adjuntos de Denys Carvalho. Em contato com a reportagem do O Mossoroense, o delegado Denys Carvalho disse que já solicitou o inquérito.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ


O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) de Mossoró, registrou mais uma tentativa homicídio por arma de fogo na cidade. Por volta das 01:20hs dessa sexta-feira na rua Francisco Xavier nas proximidades de Olinda Pneus,no bairro Santo Antônio em Mossoró .
A Vítima identificado como Samuel Nogueira da Silva de 29 anos de idade,foi alvejado com cerca de cinco disparos de arma de fogo,na região do tórax e fêmur. Segundo informações da Polícia Militar,os acusados que não foram identificados seriam dois individuos que chegaram em uma moto e efetuaram os disparos que atingiram a vítima. Samuel Nogueira foi socorrido por uma ambulância de Suporte Avançado do Samu,para o Hospital Tarcísio Maia em estado grave. A Polícia Militar foi acionada,mas ninguém foi preso. Os policiais que atenderam a ocorrência não souberam informar a motivação do atentado

JUIZ INDEFERE CANDIDATURA DE LARISSA ROSADO EM MOSSORÓ



O registro da candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) à prefeitura de Mossoró foi indeferido pelo juiz José Herval Sampaio Júnior, da 33ª zona eleitoral. Larissa já havia sido considerada inelegível pela Justiça Eleitoral de primeira e segunda instâncias e, na última terça-feira (15), a ministra do TSE Laurita Vaz negou o pedido de liminar.
De acordo com Herval Sampaio, a decisão da ministra teve influência na questão do deferimento de candidatura. Segundo Laurita Vaz, não havia elementos suficientes para livrar a deputada da cassação do mandato de deputada e decretação de inelegibilidade.
A deputada estadual permanece no cargo até que o mérito sobre a cassação do seja julgado pelo TSE. Se a condenação for mantida, Larissa ficará inelegível até 2020 e perderá o cargo na Assembleia Legislativa. A punição foi causada por abuso no uso dos meios de comunicação durante as eleições de 2012.

FAMÍLIA CONTINUA PROCURANDO MENINA DE 11 ANOS QUE DESAPARECEU NA ZONA NORTE DE NATAL


Fotos: Cedidas

 A família da menina Júlia Beatriz Cabral Santos, desaparecida desde a manhã da terça-feira (15), está desesperada. A estudante da escola Estadual Josino Macedo, no Panatis, saiu de casa para mais um dia de aula, mas não voltou para casa, como sempre fazia. A avó da garota disse que teme que algo de ruim tenha acontecido com a neta, visto que ela pode ter fugido com uma desconhecida.
Marta Câmara, contou que outra aluna da mesma escola de Júlia pode ter relação com o desaparecimento. “Ela é uma menina caseira, nunca saía de casa sem ser acompanhada de alguém da família. Não entendemos como isso pode ter acontecido. Me falaram que ela foi vista com uma colega da escola que já fugiu de casa e foi até tema de matéria nos programas de TV”, disse.
A tia de Júlia, Mônica da Câmara, também acredita que a sobrinha fugiu com alguém, mas relata que a menina de apenas 11 anos já poderia ter mantido contato com a família, mesmo se tivesse saído de casa por vontade própria. Um boletim de ocorrência foi registrado na 9º delegacia de polícia, no entanto os pais da garota procuraram a delegacia especializada de capturas, a Decap afim de solicitar uma investigação mais criteriosa. A família de Júlia disponibilizou dois telefones para receber informação sobre o paradeiro da estudante, os 8851-1377 e 8797-0366.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

PESQUISA IBOPE APONTA NOVA QUEDA DE DILMA DE 40% PRA 37%


Após ver sua popularidade diminuir 9 pontos desde dezembro, a presidente Dilma Rousseff (PT) perdeu também eleitores. Pesquisa Ibope concluída esta semana mostra que a intenção de voto dela caiu em todos os cenários. Na hipótese mais provável, que inclui pré-candidatos dos pequenos partidos, Dilma foi de 40%, em março, para 37% em abril. No cenário em que enfrenta só dois rivais, a intenção de voto da presidente caiu de 43% para 39%.

Veja também:

Popularidade de Dilma segue em queda e se aproxima de seu ponto mais baixo, mostra Ibope
É a maior perda acumulada de eleitores da presidente desde que sua popularidade entrou em queda, no começo deste ano, segundo o Ibope. Desde dezembro, eleitores de Dilma que haviam deixado de considerar seu governo ótimo ou bom começaram a deixar de declarar voto nela. A nova pesquisa mostra que essa tendência se intensificou ao longo de abril.

No cenário mais provável, com os chamados nanicos, Dilma caiu de 40% em março para 37% agora. Aécio Neves (PSDB) oscilou de 13% para 14%. Eduardo Campos (PSB) segue com 6%, e o pastor Everaldo (PSC), passou de 3% para 2%. A soma dos demais pré-candidatos que era de 1% em março, agora dá 3%.

As maiores quedas de Dilma ocorreram entre eleitores jovens (perdeu 8 pontos entre quem tem de 25 a 34 anos), nas cidades médias (menos 11 pontos nos municípios entre 20 mil e 100 mil habitantes), na região Sul (menos 6 pontos) e nos eleitores não-cristãos (perdeu 7 pontos).

Mesmo assim, se a eleição fosse hoje, a presidente seria reeleita no primeiro turno, pois seus 37% de intenção de voto superam a soma de todos os seus adversários (25%). Sua vantagem vem diminuindo a cada mês, porém. A diferença em favor da presidente caiu de 17 pontos em março para 12 pontos em abril.

Dilma ainda seria reeleita no primeiro turno porque as taxas de eleitores que declaram pretender votar em branco ou anular (24%) ou que não sabem dizer em quem votarão (13%) seguem muito altas.

No cenário reduzido, em que Dilma enfrenta apenas Aécio e Campos, a intenção de voto na presidente caiu, segundo o Ibope, de 43% em março para 39% agora. Ao mesmo tempo e no mesmo cenário, Aécio foi de 15% para 16%. Já Campos passou de 7% em março para 8% em abril. A taxa de branco e nulo foi de 25% para 26%.

Quando se troca Eduardo Campos por Marina Silva como candidata do PSB, a intenção de voto em Dilma também cai em abril. No cenário com os nanicos, a petista foi de 40% para 37%, Marina passou de 9% para 10% (Eduardo tem 6%), Aécio foi de 13% a 14%, o pastor Everaldo permaneceu com 2%, e a soma dos demais candidatos cresceu de 1% para 3%.

Nas simulações de segundo turno, a presidente continua ganhando de todos os adversários testados. Dilma venceria Aécio por 43% a 22%, bateria Marina por 41% a 25%, e derrotaria Eduardo Campos por 44% a 17%. Mas as taxas de não-voto (branco, nulo e não sabe) são excepcionalmente altas, indicando que muitos eleitores ainda não conhecem ou não se sentem representados pelos candidatos que estão no jogo.

Embora ainda vença todos, a vantagem de Dilma sobre os rivais no segundo turno também diminuiu desde março: de 27 pontos para 21 pontos no caso de Aécio; de 24 para 16 pontos no caso de Marina; e de 31 para 27 pontos no caso de Eduardo Campos.

A pesquisa Ibope foi feita entre os dias 10 e 14 de abril, em 140 municípios de todas as regiões brasileiras. Foram feitas 2.002 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, em um intervalo de confiança de 95%. Ela foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número protocolo BR-00078/2014.

LIMINAR PÕE LUSA NA SÉRIE A DO BRASILEIRÃO NOVAMENTE


Uma liminar movida por ação popular na 3ª Vara Cível da Penha, São Paulo, recolocou nesta quinta-feira a Portuguesa na Série A do Campeonato Brasileira e reabriu a guerra judicial entre o clube e a CBF. A liminar já vale há sete dias, desde 10 de abril.

A Lusa já comunicou a CBF que caso a liminar não seja derrubada, o time não entrará em campo nesta sexta-feira, às 19h30, contra o Joinville, no que seria a primeira rodada da Série B do Brasileirão e que o confronto deve ser adiado.

"Por uma questão de lealdade e transparência estamos comunicando a CBF. O bom senso manda que se cancele esse jogo, que se tire esse jogo de pauta para que não haja prejuízo maior a terceiros. Se a liminar estiver em vigência, a Portuguesa não jogará", declarou o vice-presidente jurídico do clube, Orlando Cordeiro.

Segundo o dirigente, os atletas da Lusa seguem concentrados em Joinville e estão à espera de notícias, cientes de que, por ora, não vão jogar.

A assessoria de imprensa da CBF diz não ter recebido nenhum contato da equipe paulista e garante que por enquanto está mantida a atual tabela do Campeonato Brasileiro.

URGENTE: ASSALTO AGORA A POUCO NA COMUNIDADE DO CABAÇO NA CASA DE CHICO LEONEL


Acabamos se saber a notícia de que houve mais um assalto aqui em São Paulo do Potengi, foi na comunidade do cabaço, na casa de Chico Leonel, a casa foi toda revirada pelos ladrões, a família está muito apreensiva no momento, alguns familiares veio pro hospital regional com a pressão alta, mais notícias a  qualquer momento.

GRUPOS DE AMIGOS DISTRIBUÍRAM PEIXES NESTA SEMANA SANTA


Desde o ano de 2004, o vereador Lula da Carne vem desempenhado um trabalho solidário nas comunidades e bairros de São Paulo do Potengi, agora juntos com um grupo de amigos, Jefinho, Toinho Godóia, Jontinha, Renilson, Vandinho Amaral, Cideclei, Carlinhos do hospital, dentre outros, distribuem peixes na semana Santa aqui na comunidades, como cidadãos e não fazendo politicagem, o sorriso das pessoas era frequente nesse bairro esquecido que é o do Monsenhor Expedito aqui em São Paulo do Potengi. 


























AÇUDE ARMANDO RIBEIRO CONTINUA RECEBENDO ÁGUA


O monitoramento do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas - Dnocs - aponta que o nível da barragem Armando Ribeiro Gonçalves continua aumentando. Entre terça-feira e esta quarta, 16, o nível chegou a cota dos 44,56 metros.

O volume de acumulação está em 954,8 milhões de metros cúbicos. Faltando assim, 10,44 metros para alcançar o nível de sangria no primeiro sangradouro.

Se continuar no ritmo, e a Emparn aponta que teremos uma temporada de chuvas mais fortes a partir do fim do mês de abril até meados de maio, a barragem vai terminar o inverno 2014 com um nível confortável de águas represadas, o suficiente para afastar o fantasma do desabastecimento.


fonte do blog de carlos costa

ONTEM (16) FOI O LANÇAMENTO DO CRONOGRAMA DA POTENGI ESPORTES E WEB RÁDIO SÃO PAULO


Ontem (16) na câmara de vereadores de São Paulo do Potengi foi lançado o conograma da potengi esportes da web rádio São paulo, foram mostrados em slide  para os dirigentes de times de nossa cidade, foram convidados os vereadores, mais só compareceu Erinho e Assis Araújo, o superintendente da Web Rádio São Paulo Edvaldo Medeiros, o narrador esportivo e professor Chagas Oliveira, Josivan Afonso, Joelson de França e Vandinho Amaral, o coordenador de esporte Adeylton Lira foi convidado e não compareceu, na ocasião foi entregue o uniforme completo do time do Paysandu, o auditório ficou lotado.





SEDE DO PROJOVEM ESTÁ COM A CAIXA DE MEDIDOR EXPOSTO E PODE CAUSAR ACIDENTES GRAVES


Uma denuncia chegou a este veículo de comunicação, que na sede do PROJOVEM, que está situada na rua Manoel Henrique, ao lado da promotoria de justiça, aqui em São Paulo do Potengi, onde circulam centenas de pessoas diariamente, o medidor de energia, está sem a tampa de segurança, podendo ocasionar um grave acidente ou até morte de estudante, crianças e adultos que frequentam aquele local, este medidor passa energia trifásica, com muita potência, uma pessoa que pegar na fiação pode morrer eletrocutada, pedimos aos responsáveis que tomem providências imediatas desta situação muito grave.



PREFEITA MARA DISTRIBUI PEIXES NA SEMANA SANTA



Na tarde de ontem, 16 de abril,  pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura de Riachuelo, tendo à frente a prefeita Mara Lourdes Cavalcanti, distribuiu os peixes da semana santa para os cidadãos riachuelenses.
A prefeita, que sempre faz questão de esta pessoalmente, nesta ação social da mais alta importância, como algo que a população apresenta, de fato, grande receptividade nesse atendimento direto à coletividade.
Trata-se de um claro sinal dos novos tempos, na excelente fase administrativa que o município vivencia.
Apesar das enormes dificuldades para obtenção de recursos que garantam os peixes nas mesas dos riachuelenses, este ano foram distribuídos 5000 kilogramas de peixe, sendo que destes, 1500 kg foram doados pelo Governo Estadual, e 3500 kg foram adquiridos pela Prefeitura, com recursos próprios.

O blog parabeniza a excelente iniciativa da Prefeita Mara Cavalcanti, em priorizar o social, em datas tão significativas para a população, como a Páscoa Cristã, garantindo o peixe na mesa de todos os riachuelenses, com farta distribuição do pescado, sem distinção de cor, raça, partido político ou religião. Com certeza, RIACHUELO ESTÁ BEM MELHOR! Valeu, Prefeita!
Alguns cliques!







Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
-